sexta-feira, 17 de junho de 2011

Não peço que me entenda


Ou que me atenda
Se eu ligar de vez em quando
Para saber as novidades
Ou dividir as felicidades
Ou contar o que ando sonhando
Não peço que me espere
Se eu estiver atrasada
Ou aparecer na hora errada
Com a cara fechada
Não te peço nada

Mas agradeço se quiser ficar,
Entender, me fazer sorrir
E se me aceitar
Não vou ter nada mesmo pra pedir.

5 comentários:

RAFAEL disse... [Responder comentário]

oi Pri...obrigado por sempre me visitar...

Na verdade tb não curto o Shinyashiki. Assisti uma palestra dele certa vez e peguei antipatia, mas alguns textos teem que ser progados pq o conteudo vale a pena, independnete de quem escreveu...

beijão, e volte sempre.

Little Thin Jones disse... [Responder comentário]

Texto bem legal. Mais um que dá pra virar música.

=)

Luís Henrique disse... [Responder comentário]

porque a gente sabe que você vai atrasar...

Vanessa_Oliveira disse... [Responder comentário]

lindoooo ... me vejo muito em vc.
bjim ***

Carol Viana disse... [Responder comentário]

Amei de um tantoooo!!!!!!!!!